Zigotto desenvolve software que promete facilitar o dia a dia de assessorias multiesportivas e alunos

As atividades físicas ao ar livre tem se tornado uma febre entre os praticantes de esportes. Praças, parques e demais locais abertos têm abrigado um número expressivo de pessoas, fazendo atividade física em busca de saúde e condicionamento físico.

Para atender este público torna-se necessário um acompanhamento profissional e uma forma simples para que o aluno consiga medir sua evolução. Nesse cenário, as assessorias esportivas tem sido a opção desse público que está cansado da rotina de uma academia. Em grupos que variam de 10 a 20 pessoas, Educadores Físicos conseguem prestar um atendimento personalizado em treinos de corrida e caminhada, por exemplo, aliados ao importante trabalho de fortalecimento muscular. O diferencial está na forma. O grupo cria uma identidade onde um membro apoia o outro e o significado de equipe prevalece.

Porém, para alunos e Educadores Físicos existe uma dificuldade em alinhar e compartilhar informações. Não há uma forma onde o aluno possa realmente visualizar sua evolução, acompanhar os treinos já realizados e se programar para os próximos. Para os Educadores, a dificuldade fica com a elaboração dos treinos, controle de frequência e desempenho, entre outros pontos. Nesse sentido, a Zigotto – empresa de São José, fundada há 7 anos com o objetivo de desenvolver softwares sob medida – está na reta final do desenvolvimento de um produto que promete revolucionar o gerenciamento de atividades para ambos.

“A necessidade do mercado é um dos motivos de estarmos trabalhando nesse software. São poucos os especializados para o uso em assessorias esportivas. E além de poucos, os existentes não possuem uma aparência agradável, o uso não é intuitivo, e quase sempre as funcionalidades do software não permitem o uso completo em uma Assessoria. Não possuem espaços para, por exemplo, administração de alunos, administração financeira da empresa e controle de frequência de treinos”, afirma Éder Costa, sócio proprietário da Zigotto.

O software, que está sendo desenvolvido desde outubro do ano passado, é fruto de muita pesquisa e da procura desse produto por parte de academias e Educadores Físicos. Com o apoio da Pacerun, assessoria multiesportiva de São José que compartilhou o conhecimento de seus experiêntes profissionais, a Zigotto transformou todas as deficiências encontradas em soluções. Com isso, cada ferramenta desenvolvida no software foi devidamente pensada para atender às necessidades do professor ou para a administração da Assessoria.

Os benefícios do uso deste software serão muitos. As assessorias terão o controle de frequência de seus alunos, evolução individual de cada um, além de todo controle administrativo. “Nossa proposta é diminuir o tempo de desenvolvimento de planilhas de treino que hoje fica em torno de 20 ou 30 minutos por aluno para, pelo menos, 3 minutos. Dessa forma a assessoria pode ter muito mais tempo para se preocupar com seus alunos e entender melhor o rendimento de cada um.”, conta Jésus Lopes, sócio proprietário da Zigotto. Para o aluno as mudanças também serão significativas. Será possível visualizar a evolução nos treinos, entender quais as metas propostas, comparar o próprio resultado com o dos demais colegas, fazer inscrições para provas e manter comunicação direta com a Assessoria.

E a ideia é que o software some forças com aplicativos já existentes destinados à corrida, por exemplo. “Nosso software não tem a proposta de apenas registrar as métricas dos alunos dia a dia, o que usualmente fazem os aplicativos disponíveis no mercado. Nossa proposta é que o aluno tenha um profissional cuidando de suas atividades físicas por trás do software, em um ambiente único. Faremos a conexão de aplicativos já existentes com nosso software para dar ainda mais realidade na evolução do aluno. Não vamos competir, vamos somar forças contribuindo para um processo mais completo de aprimoramento de resultados”, finaliza Costa.

NOVIDADE

A Zigotto acaba de integrar mais um cliente de peso em seu portfólio. Com sede em Uberlândia/MG, a Intelrisk – empresa que desenvolve soluções para o processo de crédito e cobrança – optou pelo conhecimento e experiência do time da Zigotto para evoluir seu software de cobrança. Após reunião de alinhamento realizada na sede da Intelrisk em 11 de fevereiro, com a presença do proprietário, Pedro Paulo Cunha e dos sócios da Zigotto, Éder Costa e Jésus Lopes, os trabalhos estão à todo vapor e a primeira entrega do produto deve acontecer até o início de março

 

Sobre

A Zigotto é uma empresa brasileira, com sede em São José dos Campos – importante pólo industrial localizado entre São Paulo e Rio de Janeiro – fundada com o objetivo de desenvolver softwares sob medida que, de forma única, atendam a necessidade de cada cliente. No mercado desde 2007, é atualmente a única empresa do setor que cria softwares respeitando e experiência do usuário. Ou seja, o cliente recebe uma atenção especial para que sua real necessidade seja compreendida. A partir daí, entra em cena o time de profissionais da Zigotto, que desenvolvem softwares de fácil entendimento, garantindo resultados mais assertivos e a satisfação de quem precisa de soluções rápidas e eficientes para seu negócio.

 

As informações são da Assessoria de Imprensa da Zigotto

Comente