Emprego na indústria regional apresenta queda em abril

Segundo pesquisa feita pelo CIESP e pela FIESP, a indústria regional demitiu profissionais em abril. A redução foi de 0,50%

 

O nível de emprego industrial na Diretoria Regional do CIESP em Jacareí (região composta por três municípios) apresentou resultado negativo no mês de abril de 2019. A variação ficou em -0,50%, o que significou uma queda de aproximadamente 50 postos de trabalho.

No ano, temos um acumulado de -1,07%, representando uma queda de aproximadamente 150 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, o acumulado é de -1,49%, representando uma queda de aproximadamente 200 postos de trabalho.

O nível de emprego industrial na Diretoria Regional do CIESP em Jacareí no mês de abril de 2019 foi influenciado pelas variações negativas de Bebidas (-1,34%); Produtos de Borracha e de Material Plástico (-1,69%) e Produtos Químicos (-0,30%) que foram os setores que mais influenciaram o cálculo do indicador total da região.

Opinião

Para o diretor do CIESP Jacareí, Ricardo Esper, a redução no número de contratações tem sido acompanhada pela entidade.

“Estamos acompanhando de perto, mês a mês, as quedas e elevações no número de contratações na região e no Estado de São Paulo. Acreditamos que com a continuidade na tramitação de projetos importantes no Congresso Nacional, o setor produtivo aumente a produção e, consequentemente, o número de contratações”.

Indústria paulista gera 9.5 mil postos de trabalho em abril, aponta FIESP/CIESP

A geração de emprego na indústria paulista somou 9,5 mil novos postos de trabalho em abril, variação positiva de 0,45% na série sem ajuste sazonal e negativa em 0,21% feito o ajuste. No acumulado no ano, saldo segue positivo em 21,5 mil postos. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15/5) pela Federação e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP e CIESP.

Os setores de alimentos e derivados de petróleo e álcool contrataram mais de 12 mil novos trabalhadores em abril, que foram as principais influências positivas para o saldo do mês na indústria paulista. “Esses setores, que são influenciados pela sazonalidade da cana de açúcar, geraram contratações abaixo da média dos anos anteriores – que é de 27 mil novas vagas. Os demais setores da indústria estão em compasso de espera em razão do baixo desempenho econômico. Como este ano vem apresentando saldos abaixo do esperado, o resultado do emprego no fechamento do ano é preocupante”, avalia José Ricardo Roriz, 2º vice-presidente da FIESP e do CIESP.

Agência Ciesp de Notícias.

Comente