CIESP Jacareí promove plenária em comemoração ao Dia da Indústria

Evento contou com a participação de aproximadamente 150 pessoas; debatedores e industriais discutiram as perspectivas político-econômica do País.

Na noite da última terça-feira, 24, o CIESP Jacareí promoveu sua 267ª Reunião Plenária. A mesma foi dedicada em comemoração ao Dia da Indústria. O evento contou com a participação de aproximadamente 150 pessoas, entre empresários, jornalistas, autoridades e estudantes.

O evento debateu o cenário político-econômico do Brasil e contou com a palestra do jornalista Hélcio Costa.

Hélcio falou, rapidamente, do cenário político e da influência dessa turbulência na economia, especialmente no desempenho do emprego.

Após a palestra, os representantes da Chery Brasil e Fibria Celulose discutiram a atual conjuntura brasileira e o impacto da instabilidade no setor industrial.

Encontro empresarial contou com a participação de aproximadamente 150 pessoas

Para Thiago Marques, do departamento de Marketing da Chery, o Brasil passa por um período turbulento e complicado que, infelizmente, afeta muitos setores, inclusive a área automotiva. Porém, para ele, o país é estratégico para muitas companhias nacionais e estrangeiras.

“Fico feliz em fazer parte do evento, sem dúvida muito enriquecedor para todos nós. Foi possível discutir o cenário atual, bem como as perspectivas futuras e ainda entender e aprender em diferentes óticas como lidar com o momento. A meu ver, hoje estamos lutando com espírito de sobrevivência, em segundo plano e não menos importante devemos ser assertivos com a gestão de custos e eficiência na produtividade; por fim esperamos um sinal de estabilidade política, após essa etapa teremos uma natural evolução econômica porque será reestabelecida a confiança, um step muito importante para que o Brasil encontre o equilíbrio sustentável”, destaca Thiago.

Demandas do setor industrial

O CIESP Jacareí promoverá ao longo deste ano uma série de cafés da manhã com os pré-candidatos a prefeito de Jacareí. Os eventos terão por objetivo discutir junto com os pré-candidatos as demandas do setor empresarial e, assim, verificar quais são as ideias para tornar o município mais competitivo.

Para isso, a entidade elaborou uma cartilha contendo as demandas da indústria. O documento será motivo de discussão com os candidatos e, posteriormente, com o prefeito eleito, em novembro deste ano.

 

Willian Martins, Agência Ciesp de Notícias

Comente