1ª plenária do CIESP Jacareí inicia planejamento para 2016

Encontro empresarial contou com a participação de aproximadamente 50 pessoas, entre associados, conselheiros e coordenadores de grupo.

 

Ricardo Esper, diretor do CIESP Jacareí, fala sobre as ações do CIESP e comenta sobre o agravamento da crise econômica brasileira.

Na quinta-feira, dia 25, o CIESP Jacareí promoveu sua primeira plenária de 2016. O encontro foi restrito para associados, conselheiros, coordenadores e empresas parceiras.

No início dos trabalhos o diretor titular, Ricardo Esper, agradeceu a presença de todos e reforçou a importância da união para enfrentar esse período de crise econômica e instabilidade política. Esper comentou, inclusive, o resultado da recente pesquisa de emprego divulgada pelo CIESP e pela FIESP.

“Vivemos um período de grande agitação política que, infelizmente, interfere na economia e tem trazido resultados bastante desanimadores. Recentemente, por exemplo, o CIESP e a FIESP divulgaram o resultado da pesquisa de nível de emprego e Jacareí despencou mais de 6%”, comentou.

Ricardo também falou sobre o posicionamento da casa da indústria em relação ao momento desafiador pelo qual o Brasil atravessa.

“O posicionamento do CIESP é sempre de defender os interesses da indústria, de modo que possamos retomar o crescimento econômico e, assim, gerar emprego e renda aos brasileiros. Temos que unir forças para sairmos da crise”, finalizou.

Grupos de Trabalho

Os coordenadores de Grupos de Trabalho (GTs) fizeram uma rápida apresentação e falaram um pouco sobre as ações de seus grupos para 2016. Em breve divulgaremos os detalhes.

CIESP para 2016

O coordenador regional, Walker Ferraz, fez uma rápida apresentação aos associados e conselheiros mostrando a evolução do quadro associativo, bem como das receitas da entidade.

Além disso, foi apresentado também parte das ações previstas para todo o ano de 2016, de modo a movimentar a casa e, assim, trazer oportunidades de negócios aos associados e demais empresários da região.

 

Willian Martins, Agência Ciesp de Notícias.

Comente